Áudio-descrição da capa: resistência solitária Notas Proêmias A presente imagem áudio-descrita foi retirada da tese de doutoramento em Linguística (Dando a palavra aos guatós: alguns aspectos sociolingüísticos), defendida em 2002, na Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, por Rosângela A. F. Lima. “Dando a palavra aos guatós” entrevistou alguns dos últimos membros do povo … Continue reading RBTV #14: Sumário
undefined
Audio Description Worldwide Consortium
Áudio-descrição da logo da RBTV: Revista Brasileira de Tradução Visual. Em um fundo branco, a mão direita faz a letra t em libras. O indicador e o polegar se cruzam, os demais dedos ficam erguidos. Próximo ao indicador há, em verde, 3 ondas sonoras. Abaixo da mão, lê-se RBTV, com letras verdes e com letras Braille em preto.

RBTV #14: Sumário

Áudio-descrição da capa: resistência solitária

Notas Proêmias

A presente imagem áudio-descrita foi retirada da tese de doutoramento em Linguística (Dando a palavra aos guatós: alguns aspectos sociolingüísticos), defendida em 2002, na Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, por Rosângela A. F. Lima.

“Dando a palavra aos guatós” entrevistou alguns dos últimos membros do povo guató que ainda falavam a língua nativa, sem a intervenção do homem branco.

A foto áudio-descrita é do Sr. Veridiano, índio guató que morava só e que à época da entrevista já contava com pouco mais de oitenta anos.

A áudio-descrição mostra o índio sentado em um banco de madeira, próximo à casa dele, uma construção de pau e barro.

Foi aí, no Morro do Caracará, no Parque Nacional do Pantanal, no Mato Grosso, que o encontramos em 2001.

“Um Guató ainda tenta resistir sozinho ao domínio do homem branco: Seu Veridiano. Um senhor de mais de oitenta anos mora no morro Caracará, em um casebre que mal o protege das chuvas, enfrentando a fome, as interpéries e as doenças próprias de sua idade. Tem como único companheiro um cachorro (que só atende quando é chamado em Guató). Declara que não tem intenção de se juntar aos outros Guatós na Ilha, pois “índio mora assim mesmo, sozinho”. (Lima, R. A. F, 2002)

Na foto áudio-descrita encontraremos o índio Veridiano, da tribo dos canoeiros do pantanal, vestido com roupas do homem branco, uma vez que os guatós não mais se vestem aos moldes de seus ancestrais.

“… ele não está imune à influência nefasta do homem branco, pois os turistas, sempre que passam, deixam-lhe, ao invés de alimentos e roupas, muita bebida alcoólica e muita sujeira, decorrente de restos de churrascos, garrafas e latas de bebidas.” (Lima, R. A. F, 2002)

Sobre o povo guató, a autora afirma que:

As primeiras notícias sobre a tribo Guató vieram de viajantes espanhóis (Azra, Florence, etc) que percorreram o Alto Paraguai, buscando um caminho para o Peru. Alvar Nuñez Cabeza de Vaca[1] (1984) cita os índios guataes em duas passagens de sua expedição em busca de ouro e prata, no século XVI. Desde então, os Guatós são mencionados como tribo pacífica, arredia e pouco numerosa, ligados entre si através de forte laço de cultura, do sangue e da língua.(…)

(…) Do que observamos e confirmamos durante as entrevistas, os Guatós hoje estão ainda mais afastados de sua cultura e língua. Há, entretanto, uma vontade muito forte em reativar seu artesanato e sua língua, até pela própria necessidade de sobrevivência do grupo.

Entretanto, outros traços da cultura, como religião, danças, e cerimoniais já estão quase que extintos da memória desse povo. Como exemplo, podemos citar sobre a reunião dos homens guatós, narrados por Castelnau (apud Souza, 1973, cf. página 79 deste trabalho). Quando questionados sobre o que acontecia nessa reunião ou se ela ainda existia, os Guatós entrevistados disseram não terem conhecimetno do cerimonial de seus ancestrais.

O que ficou bastante evidente de nossa observação durante as visitas foi que os Guatós vivem em extrema miséria e precisam de maior atenção das autoridades competentes.(Lima, R. A. F, 2002)

Para saber mais sobre os Guatós consulte: LIMA, R. A. F. Dando a Palavra aos Guatós: alguns aspectos sociolingüísticos. Assis, 2002. 174p. Tese de doutorado – Faculdade de Ciências e Letras de Assis. Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”.

Fotografia

Áudio-descrição da foto

Ao centro da foto está o índio guató Veridiano, um senhor de oitenta anos, de estatura baixa, magro, moreno, sentado em um pequeno banco de madeira. Ele tem os cabelos pretos, um pouco grisalhos, cheios e curtos, com entradas na testa. A testa é larga e apresenta linhas de expressão bastante profundas. Ele tem sobrancelhas grossas, olhos escuros, pequenos e amendoados. O nariz é grande e largo nas narinas. Ele tem rosto oval e magro. A boca é reta e os lábios são finos. O queixo é pequeno, com pequena cova no meio. O pescoço é curto. Os ombros, também pequenos, são curvados.

Seu Veridiano veste um moletom de cor clara, com uma abertura em V na gola, sob a qual aparece uma camiseta marrom clara. Usa calça jeans azul, a qual está suja e rasgada no lado direito, da coxa até abaixo do joelho, que fica todo à mostra. A barra da calça está enrolada. Os pequenos pés do Senhor Veridiano estão descalços e trazem marcas de barro.

Enquanto apoia o braço direito na coxa, seu Veridiano acaricia, com a mão esquerda, um pequeno cachorro de cores preta e bege, que está de pé, com o focinho próximo ao joelho do índio.

Atrás deles, sobre uma taboa no chão, encontram-se enfileiradas algumas panelas velhas.

Ao fundo da foto há bananeiras e outras árvores, das quais se veem os troncos. No chão, próximo às árvores, há muitas folhas secas, alguns sacos plásticos e latas.


Sumário

Seção principal

Relato de experiência

Foto-descrição

Nota de rodapé

[1] Em sua obra Naufrágios y Comentários, 1984,  o autor descreve seu contato com os Guatós em 1543.

Como citar esse artigo [ISO 690/2010]:
Lima Rosângela A. Ferreira 2013. RBTV #14: Sumário [online]. [visto em 22/ 03/ 2019]. Disponível em: http://audiodescriptionworldwide.com/rbtv/rbtv-14-sumario/.
Revista Brasileira de Tradução Visual

Este artigo faz parte da edição de número volume: 14, nº 14 (2013).
Para conhecer a edição completa, acesse: http://audiodescriptionworldwide.com/rbtv/rbtv-14-sumario.

Published by

Leave a Reply