RBTV #2: Índice

Reconhecido por pintar pessoas simples do cotidiano do interior de São Paulo José Ferraz de Almeida Junior (1850-1899), ilustra a capa do volume II da Revista Brasileira de Tradução Visual, tanto como homenagem aquele pintor, quanto como um exemplo de áudio-descrição aplicada às imagens estáticas. Para conhecer mais a respeito desse artista e de muitos outros, visite a pinacoteca do estado de São Paulo ou acesse seu site: htp://www.pinacoteca.org.br

Descrição da foto de capa volume II, ano I

Sentado no batente de uma janela de uma casa de sapê um homem branco toca viola. Do batente para cima a parede está rebocada e pintada com cor amarela. Do batente para baixo vê-se estrutura de barro e madeira comum as casas de pau-a-pique. O violeiro está com as costas apoiada no umbral esquerdo da janela, usa um chapéu marrom cuja parte frontal da aba esta dobrada para cima enquanto a atrás, a aba esta dobrada para baixo. Ele veste uma camisa xadrez em tons de cinza e branco e calça clara.  Do lado de fora da casa, em pé, uma mulher está encostada no umbral direito da janela. A mulher, com cabelo preto preso em coque, está com o rosto olhando para a direita, em direção às mãos do violeiro. Ela esta com os lábios entreabertos. A mulher veste uma blusa vermelha comprida que cobre parte de uma saia marrom. A blusa tem bolinhas brancas e mangas largas e longas cobrindo a metade do antebraço. Ao pescoço, a mulher trás um lenço branco com listras vermelhas. Com a mão direita segura uma extremidade do lenço e com a outra, segura a extremidade esquerda.

Tradução de Ernani Ribeiro e Paulo Vieira.


Sumário


Leave a Reply